quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Villefort inicia outubro com duas grandes ofertas

Selecionador de gado Gir e Guzerá, com propriedades em Jaíba e Morada Nova de Minas, no estado de Minas Gerais, Virgilio Villefort reservou dois grandes leilões para o início de outubro. O primeiro será Leilão Virtual Reprodutores Top Gir Villefort, agendado para o próximo domingo (02 de outubro), às 10h, pelo AgroCanal. Em oferta, 50 touros Gir Leiteiro PO e doses de sêmen de importantes raçadores, entre eles  Gir C. A. Sansão e Tabu TE CAL.

No dia seguinte (03 de outubro), às 21 horas, pelo Canal Rural, o leilão Jovens Matrizes Guzerá Villefort venderá 36 lotes duplos de novilhas Guzerá, todas prenhas  e com  Registro Genealógico Definitivo (RGD). Os criadores ainda terão acesso a 04 lotes de prenhezes Guzerá Leiteiro e sêmen do grande Signo AM. Em ambos os leilões os animais seguem com exame de DNA e FIV.

Mais informações: (31) 9990-1390, com Paulo Roberto.

ATENDIMENTO À IMPRENSA
Pec Press - Imprensa Agropecuária
Adilson Rodrigues – Jornalista Responsável (Mtb 52.769)
Robson Rodrigues – Coordenação e Atendimento
Telefones: 55 11 3876-8648 / 55 11 8642-8773

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Nasce em Minas Gerais o primeiro Clone da Raça Guzerá

Clone de Homenagem AM

Nasceu em Minas Gerais, com 34 quilos, o primeiro clone de um animal da raça Guzerá no mundo. A bezerra apresenta conformação física perfeita e ótimo desenvolvimento. Após 52 dias do nascimento, já está com 78 kg. (foto 1).  A matriz Homenagem AM (foto2), de propriedade dos criatórios Guzerá Villefort e Guzerá AM, ainda está viva com 21 anos e foi escolhida para fornecer o material nuclear pela sua importância na raça. A técnica de transferência nuclear foi feita no laboratório do Cenatte Embriões.

“Homenagem AM teve pouca oportunidade de ter filhos e, por isto, está sendo clonada”, informa Virgílio Villefort, que tem 50% de suas cotas e 80% do Clone. Ela ficou muitos anos sendo criada a pasto, no Rio Grande do Norte, gerando apenas um filho por ano, e, ainda assim, é mãe, avó ou bisavó de 80% dos animais que fizeram 1º ou 2º lugares, este ano e no ano passado, na Expozebu de Uberaba, a maior feira de Gado Zebu do planeta, segundo levantamento feito por Virgílio Villefort.

Acasalada com quatro touros diferentes, foi mãe de quatro grandes reprodutores Campeões: Signo AM, Lagedo AM, Marquês AM e Embaixador FP, o que demonstra a capacidade de imprimir a sua genética nos descendentes. “Seus filhos e netos também continuam transmitindo suas qualidades”, afirma Francisco Assis Melo, que também é proprietário de 50% da Homenagem AM e 20% do clone. “Não existe hoje no Brasil um animal da raça guzerá que tem uma descendência tão rica em animais premiados sucessivamente, por várias gerações”, informa.

Descendência
A Homenagem AM é avó da Madre S, atual recordista Mundial de Peso entre todas as raças zebuínas com prenhez confirmada (pesagem oficial da ABCZ) e de animais premiados como Dina S, que foi Grande Campeã Nacional 2002, Bi-Campeã Nacional Progênie Expozebu Uberaba 2007/2008 e Melhor Matriz do Ranking 2007/2008; e a Hematita EB da Ipê, Grande Campeã Expozebu Uberaba 2009, ambas do plantel Guzerá Villefort. Homenagem AM transmitiu sua herança genética também para a atual Grande Campeã Expozebu Uberaba 2011 (Eloise FIV TIR), para a Campeã do ano passado (Inflação da J. Natal) e várias outras campeãs. “Os seus descendentes premiados são tantos que é quase impossível quantificar”, ressalta Assis Melo.

Novos Clones
Doadora do material nuclear
O criatório Guzerá e Gir Villefort tem ainda outros projetos de clone. Já retirou material nuclear da doadora da raça Guzerá, Dina S (neta de Homenagem AM) e da doadora Gir Leiteiro, Celeuma Villefort. Esta última morreu prematuramente e, segundo informações do assessor Técnico em Gir Leiteiro, Luiz Ronaldo de Oliveira Paula, na primeira lactação já estava entre as 5 melhores vacas gir leiteiro do Brasil, com 16.364 kg de leite ajustado à idade adulta, medição de apenas 282 dias, que não pôde ser concluída.  Estes dois animais também não tiveram oportunidade de reproduzir, justificou Virgílio Villefort.

ATENDIMENTO À IMPRENSAPec Press - Imprensa Agropecuária
Adilson Rodrigues – Jornalista Responsável (Mtb 52.769)
Robson Rodrigues – Coordenação e Atendimento
Telefones: 55 11 3876-8648 / 55 11 8642-8773

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Estância Bahia organiza o 22º Leilão Fazendas Sant’Anna

Jovelino Carvalho Mineiro Filho, proprietário da Fazenda Sant’Anna, em Rancharia (SP), novamente conferiu à Estância Bahia, de Água Boa (MT), a responsabilidade de organizar seu tradicional leilão de touros, um dos mais aguardados do calendário da pecuária. Agendado para o dia 02 de outubro, às 14h, com transmissão pelo Canal Terra Viva, o 22º Leilão Fazenda Sant’Anna colocará à venda 300 reprodutores Nelore PO e Brahman POI com registro genealógico definitivo.

Em três anos de parceira, Maurício Tonhá, proprietário da Estância Bahia, conquistou novos mercados para o leilão, principalmente no Mato Grosso, que detém o maior rebanho de bovino do Brasil. “Consequentemente deve ser também o maior consumidor de touros, com uma pecuária firme, moderna, produtiva e que remunera pela qualidade. Os trabalhos de seleção da Fazenda Sant’Anna vão ao encontro do que desejam os produtores, com animais melhoradores em excelente estado e prontos o serviço de campo”, afirma Tonhá.

A grande novidade este ano será a oferta de 50% de um dos principais raçadores da raça Brahman da atualidade. Trata-se do mocho Foguete da Sant’ Anna 3218, filho de um dos touros Brahman mais importantes da Austrália. Segundo Jovelino, é um animal com nível de central, produtor de líderes de sumários e recordistas de preço para a raça. Pela manhã, a partir das 10h, será realizado o 2º Programa Fazenda Sant’Anna, onde serão apresentados os programas de seleção da propriedade. 


Cadastro e Lances
Estância Bahia Leilões
(66) 3468-6600 /(65) 2121-6700

Pec Press - Imprensa Agropecuária
Adilson Rodrigues – Jornalista Responsável (Mtb 52.769)
Robson Rodrigues – Coordenação e Atendimento
Telefones: (11) 3876-8648 / (11) 8642-8773

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

40 fêmeas Dorper e White Dorper em leilão virtual

A Dorper Campo Verde, de Jarinu (SP), agendou para o dia 14 de setembro (quarta-feira), às 21h, pelo Canal Terra Viva, o Leilão Virtual de Matrizes Dorper. Em oferta, 40 ovelhas Dorper e White Dorper da mais pura linhagem sul-africana. Os investidores ainda terão acesso a pacotes de sêmen e 10 reprodutores “chefes de cabanha”.

Segundo o Lucas Heymeyer, responsável de vendas Campo Verde, são animais que atendem as expectativas dos mais exigentes selecionadores, ideais para quem está iniciando a criação ou deseja mais opções genéticas diferenciadas. “São fêmeas de excelente caracterização racial e habilidade materna, resultado de uma seleção constantemente aperfeiçoada e sincronizada à pecuária moderna”, ressalta.

Muitas seguem prenhas ou paridas de acasalamentos dirigidos com os principais reprodutores da atualidade, incluindo novas linhagens sul-africanas, que serão anunciadas no decorrer do remate. “É  uma oferta imperdível, que reforça nosso compromisso em não fazer reserva de nossa melhor genética”, complementa o gerente da propriedade, o engenheiro-agrônomo Carlos Vilhena.

Os organizadores projetam resultados acima das expectativas tendo em vista o cenário promissor da ovinocultura, com grande demanda para a carne de cordeiro, e a preferência dos criadores pelas raças Dorper e o White Dorper, únicas com aptidão exclusiva para produção de carne no País. Em 2010, a primeira edição do remate registrou excelente liquidez para 43 fêmeas, 15 machos e doses de sêmen, atingindo mais de 10 estados da Federação.

Saiba mais:

Dorper Campo Verde – (11) 2626-9491dorper@dorpercampoverde.com.br
www.dorpercampoverde.com.br

Pec Press - Imprensa Agropecuária
Adilson Rodrigues – Jornalista Responsável (Mtb 52.769)
Robson Rodrigues – Coordenação e Atendimento
Telefones: (11) 3876-8648 / 8642-8773

Vem aí a 3ª edição do Borrega do Futuro


As inscrições estão abertas para mais uma edição do Borrega do Futuro, que ocorre de 11 a 16 de outubro, em Jarinu, no interior de São Paulo. A Fazenda Campo Verde comemora três anos de exposição reunindo as melhores fêmeas Dorper e White Dorper do Brasil. A programação contará com a realização de um grande leilão, agendado para o penúltimo dia da mostra, em 15 de outubro, às 14h.
O grande diferencial do evento, e um dos fatores que o torna um dos mais disputados do calendário das raças Dorper e White Dorper, está na acessibilidade à melhor genética. Assim como nas edições anteriores, Dorper e White Dorper serão julgados separadamente, sendo que as duas melhores em cada uma das seis categorias darão forma à oferta do leilão, que, neste ano, não terá transmissão de canal, para estimular a presença dos criadores.
Um atrativo muito especial será a comercialização da Grande Campeã e Reservada Grande Campeã nas duas raças, que serão reveladas somente ao término do leilão. “É um evento democrático, que iguala as chances aos melhores animais. Muitas fêmeas premiadas aqui acabam consagrando-se em outras exposições, tornando o evento um revelador de futuras campeãs de pista”, explica Lucas Heymeyer, responsável de vendas da propriedade, ressaltando que incluirá mais 20 fêmeas da seleção Campo Verde na oferta.
Foi o que aconteceu com o selecionador Eduardo Lobo, da Cabanha Calil, de Indaiatuba (SP), um dos mais recentes investidores dessas raças. Em 2010, ele comprou, às escuras, nada menos que a Grande Campeã White Dorper do Borrega do Futuro (3J TE 351, da seleção RHO Agropec.), que consagrou-se a segunda melhor fêmea da raça na Feira Internacional de Caprinos e Ovinos - Feinco’2011, a pista mais disputada do País.
Regras – Os criadores interessados devem inscrever animais até a primeira semana outubro. Para efeito de classificação e premiação, as fêmeas serão distribuídas nas categorias 4 a 5; 5 a 6; 6 a 7; 7 a 8; 8 a 10 e 10 a 12 meses. Campeã e Reservada de cada categoria serão ofertadas, incluindo a Grande Campeã e a segunda melhor nas duas raças.  Além da oportunidade de adquirir fêmeas premiadas, expositor e comprador das pérolas da exposição ainda receberão uma premiação em dinheiro, em reconhecimento aos títulos conquistados. No total, o Borrega do Futuro espera distribuir mais de R$ 50 mil em prêmios. O julgamento será comandado por um especialista do continente africano, ainda a definir. A propriedade detém a maior reserva genética fora da África do Sul, com mais de 10 linhagens diferentes (genética 100% sul-africana).
PROGRAMAÇÃO
11 de outubro – Entrada dos animais
12 de outubro – Inspeção
13 de outubro – Pesagem
14 de outubro – Julgamento
15 de outubro – Leilão Borrega do Futuro, 14h
16 de outubro – Saída dos animais
Saiba mais:

Dorper Campo Verde – (11) 2626-9491dorper@dorpercampoverde.com.br
www.dorpercampoverde.com.br

Pec Press - Imprensa Agropecuária
Adilson Rodrigues – Jornalista Responsável (Mtb 52.769)
Robson Rodrigues – Coordenação e Atendimento
Telefones: (11) 3876-8648 / 8642-8773